5 erros que diminuem o valor do seu imóvel para alugar

5 erros que diminuem o valor do seu imóvel para alugar

Ganhar dinheiro com seu imóvel para alugar é algo natural, já que você investiu em um dos mais sólidos ativos financeiros do mercado. E lá está ele, à espera de um novo inquilino. Certamente acabará sendo alugado, mas, a questão é: está tudo certinho para você obter o maior valor possível com essa locação?

Perceber os erros que diminuem o valor do imóvel para aluguel será útil para você não incorrer em nenhum deles. Por isso, reunimos neste post 5 dos mais comuns erros cometidos ao se alugar imóveis. Acompanhe!

5 erros que diminuem o valor do seu imóvel para alugar

#1: Deixar pequenos reparos a fazer

Se você pretende alugar bem o seu imóvel, tudo deve estar impecável. Deixar de realizar pequenos reparos, como substituição de alguma janela ou maçaneta quebrada, pode ter um efeito negativo sobre o preço do seu bem.  Fique atento a isso e conserte tudo o que for necessário antes de mostrar o imóvel para os possíveis inquilinos.

#2: Ignorar o estado das paredes

Paredes muito sujas, descascadas, com manchas de mofo ou úmidas fazem o imóvel ficar com péssima aparência. Quem o visitar irá pensar que o proprietário (no caso, você) decidiu economizar com manutenção. Com isso, o possível inquilino provavelmente ficará com a impressão de que você tem urgência em alugar a casa ou o apartamento em questão. Isso pode fazer com que ele não queira pagar o valor estipulado pelo aluguel.

#3: Esquecer de verificar canos e calhas

Canos e calhas podem até parecer pouco importantes, mas no dia a dia de quem vai morar em seu imóvel, farão toda diferença. Nas casas, as calhas, por ajudarem a escoar a água das chuvas, retêm resíduos dos mais diversos. Um inquilino meticuloso, ao percebê-las muito sujas ou quebradas, terá uma impressão ruim do imóvel. Com os canos e sifões é a mesma coisa: quando aparentes (de chuveiros, pias e outros) e mal conservados, passam a sensação de descuido.

CTA_Gralha_Guia_Definitivo_financiamento_Imovel_fundo (2)

#4: Lâmpadas e tomadas sem funcionar

Ao visitar um imóvel, o interessado certamente irá testar as tomadas e os pontos de luz. Encontrá-los com problemas pode ser um fator de desvalorização e até mesmo acarretar na perda de interesse do potencial cliente pelo seu imóvel. Afinal, instalações elétricas defeituosas significam despesa extra para quem vai morar.

#5: Pensar em transferir encargos para o futuro locatário

Pode acontecer de o seu imóvel ficar vago por um ou dois meses, as contas chegarem e você considerar uma boa ideia deixá-las para o futuro inquilino pagar. Claro, o valor você descontará do 1º aluguel. Mesmo assim, não é uma conduta a ser adotada por quem quer cobrar o valor de mercado por um imóvel, já que pode sugerir apuro financeiro.

O passar do tempo e sucessivas locações acarretam a necessidade de reformar seu imóvel para alugar. Isso, em função do desgaste que ambas as situações provocam. Tenha isso em mente e, para conservar o valor de aluguel do seu imóvel compatível com o praticado no mercado para imóveis semelhantes, faça constantes vistorias e providencie reparos e repinturas quando necessários.

Além disso, não deixe de buscar ajuda de profissionais com experiência no mercado para te ajudar a colocar seu imóvel para alugar. Contar com uma imobiliária de confiança pode ser um fator decisivo para conseguir bons inquilinos, se livrar da burocracia e evitar problemas no futuro.

Para ficar por dentro de mais informações a respeito de locação de imóveis, acompanhe nosso Facebook!
CTA_Gralha_Guia_quanto_cobrar_aluguel

Jeferson Gralha
Jeferson Gralha
Jeferson Gralha é especialista em transações e administração de negócios imobiliários e trabalha pela excelência contínua da prestação de serviços e melhorias do setor.
Recommended Posts

COMECE A DIGITAR E APERTE ENTER PARA BUSCAR

Por que você deveria morar em Jurerê Internacional?6 erros que as pessoas cometem ao comprar imóvel